Fechar

ADEP-BA
Twitter Facebook RSS
Carregando...

Notícias

ADEP Bahia

Adep-BA participa de seminário sobre população em situação de rua em Salvador

Defensores públicos, autoridades, estudantes e representantes da sociedade civil estiveram reunidos na manhã desta quinta-feira, 30, para acompanhar a abertura do seminário "Cartografia dos Desejos e Direitos: Quem são as pessoas em situação de rua afinal?", realizado no Auditório da Dorotéias, no Garcia. O presidente da Adep-BA, João Gavazza, foi um dos componentes da mesa solene, juntamente com demais representantes do sistema de Justiça, do Executivo e da sociedade.

O seminário é fruto da parceria entre a Defensoria Pública, Projeto Axé, Universidade Federal da Bahia e Movimento Nacional da População de Rua, visando discutir a pesquisa-diagnóstico realizada na capital para analisar quem são as pessoas em situação de rua e como vivem, compreendendo as violações de direitos a que estão expostos.

Durante o evento o fundador do Projeto Axé, Cesare La Rocca, falou sobre as dificuldades para a manutenção das atividades do projeto.

Em sua fala, o presidente da associação elogiou a luta e o trabalho desenvolvido pelo Projeto Axé em prol da população que, diante da extrema pobreza, da falta de moradia ou da interrupção e fragilidades de vínculos familiares, encontram na rua a busca por sua sobrevivência. "São contra essas questões que nós, defensores públicos, lutamos. Para mostrar o contraponto e afastar preconceitos", pontou.

Na ocasião, Gavazza lembrou a pesquisa feita pelo Conselho Nacional do Ministério Público este ano que aponta a Defensoria Pública como a mais importante dentre as instituições analisadas nas capitais, bem como as lutas da associação para que os defensores continuem, cada vez mais, prestando esse papel de qualidade à sociedade. Mencionou ainda o lançamento da campanha "Defensor Público: construindo cidadania", iniciativa que busca valorizar e demonstrar a importância deste profissional para os mais necessitados.

"Para a formação do ser político, do indivíduo conscientizado dos seus deveres e direitos, nós precisamos estar em um ambiente onde minimamente se respeitem direitos. Não há cidadania onde a população é violentamente afastada dos seus direitos mais básicos", finalizou Gavazza.

O seminário se estenderá até esta sexta-feira, 1º de dezembro. Em sua programação estão previstas a participação de defensores em debates sobre aspectos como moradia e habitação, educação, trabalho, assistência social, saúde e segurança pública da população em situação de rua.

 

Resultados da pesquisa das situações de vulnerabilidades vividas pela população em situação de rua foram apresentadas pela pesquisadora e professora da UFBA, Juliana Prates

Grupo profissionalizante da unidade de dança e capoeira do Projeto Axé em apresentação na abertura do evento.

Publicada em: 30.11.2017

Fechar

Envie esta matéria para um amigo.

Central do Associado

Associe-se Plano estratégico de Implementação Qualicorp Defensor público: construindo cidadania! Pós-Graduação a Distância Pós-Graduação
Viewnet

Av. Antônio Carlos Magalhães, 3244, sala 907, Edíficio Thomé de Souza, Pituba - Salvador/BA. CEP 41.800-700
Telefone: (71) 3321-4185 Fax: (71) 3321-4185, adepbahia@adepbahia.com.br